O trabalho do Colégio possibilita o contato com atividades de iniciação científica que implicam em novas formas de pensar e de aprender sobre o conhecimento. O aluno tem acesso à ciência e ao método científico aprendido e construído no espaço escolar, proporcionando-lhe saberes importantes para sua
formação.

As aulas têm a prática da pesquisa como atividade integrada ao currículo escolar e como princípio educativo. Os alunos adquirem capacidade de analisar e refletir sobre os conhecimentos e, a partir destes, reformulam seus conceitos através das próprias interpretações.

A iniciação científica na educação básica vem sendo amplamente defendida nos últimos anos como uma alternativa aos métodos tradicionais de ensino. Sem ela, as aulas têm se tornado enfadonhas e mera reprodução do que se expõe em livros com a resolução de séries de exercícios. A iniciação científica permite ao professor colocar o aluno em contato com o método científico estimulando a análise crítica e cética de fenômenos, levando-o a perceber a realidade de forma profunda, abrindo espaço para análises nos diversos campos de conhecimento.

A iniciação científica na educação básica ainda permite ao aluno encontrar a própria vocação, dado que a proposição do objeto de pesquisa é feita por ele mesmo assim como a problematização, o levantamento de hipóteses, testes e análises de resultados. Neste percurso, o aluno pode, por conta própria, perceber quais campos do conhecimento lhe interessam mais e desenvolver suas habilidades. Por fim, vale ressaltar que a iniciação científica na educação básica não tem como objetivo formar novos cientistas, mas sim, estimular e popularizar o conhecimento científico, bem como as premissas e métodos seguidos pela ciência. Isto permite ao aluno confrontar suas próprias visões de mundo com resultados de sua pesquisa, levando-o ao desenvolvimento de um pensamento crítico e criativo que colabora para a formação de cidadãos questionadores e dispostos a serem atuantes no ambiente em que vivem.

A Educação Infantil do Colégio Santa Bartolomea Capitanio é reconhecida pelo Conselho Municipal de Educação, Resolução 006/2015CMEM. O Projeto Político Pedagógica atende as normativas legais vigentes (Lei 9394/96 e Resolução nº 05 de 17 de dezembro de 2009) para qualidade do processo de desenvolvimento das crianças com responsabilidade no eixo do CUIDAR e EDUCAR.

Últimas do Instagram